quarta-feira, 25 de janeiro de 2012



Você com certeza já lidou com distância, se não, acredite, vai acontecer com você uma hora… A distância separa uma coisa da outra, essa é a função dela, seja relacionado a objetos ou a pessoas, o fato é que ela estará sempre SEPARANDO. Só que, quer saber? Ela já não me afeta tanto, claro, a saudade aperta as vezes não vou mentir, e aperta dolorosamente. Porém. Eu penso para tudo na vida existe uma explicação, e na minha cabeça, descrevo essa tal de distância da seguinte forma: ela esta presente na minha vida e de todos os habitantes desse planeta, uns não se importam tanto, outros se importam demais, mas não podemos deixar isso tomar conta da gente, podemos lidar com tudo nessa vida, pra tudo se tem um jeito, e inclusive pra ela. a distância me ensinou a dar valor ao que é importante pra mim, ela me ensinou que amor não nasce quando se sente um toque de alguém, ou vê as atitudes de alguém, amor nasce de coisas simples também, de coisas difíceis, de coisas complicadas… Esse tipo de amor, quando nasce, é do tipo mais puro e sincero, acabamos conhecendo o outro lado da moeda e quando ocorre, não nos importamos tanto com ela, por que o que ela deveria deixar longe, acaba deixando cada vez mais perto.